Combate à sinistralidade rodoviária

A Organização da Mulher Angolana “OMA” e a Direcção Nacional de Viação e Trânsito realizam neste sábado, em Luanda, uma campanha de prevenção rodoviária.

A campanha está inserida nas festividades do dia da Polícia Nacional, a assinalar-se a 28 deste mês, e na realização do quinto congresso da estrutura feminina do Partido no poder, a acontecer de 27 de Fevereiro a 02 de Março.

Para o chefe de Departamento de Prevenção Rodoviária da Direcção Nacional de Viação e Trânsito, continua preocupante e assustador o crescimento da sinistralidade rodoviária no país.

O Super Intendente Edgar Arnaldo, informou que três mil cento e doze pessoas morreram durante o ano de 2010, em resultado de 13 mil cento e cinquenta e nove acidentes de viação. Outras doze mil setecentas e sessenta e oito pessoas viram-se envolvidas nestes mesmos acidentes, nos quais contraíram ferimentos.

E a Doutora Teresa Cohen, membro do secretariado nacional da OMA, assegurou que a realização conjunta da campanha conjunta responde à estratégia de resgate do valor da vida humana, nos últimos tempos banalizada pelas mortes nas estradas do país.

Teresa Cohen referiu que as mulheres, como geradoras da vida, têm que ser as primeiras activistas a dizer “não às mortes nas estradas”.

fonte:RNA

Short URL: http://angodenuncias.com/denuncias/?p=1388

Leave a Reply

Log in